Juiz de Fora-MG  -  quinta, 14 de novembro de 2019  

Calendário de Eventos

Evento: Exposição: Closure 

Exposição: Closure
Título:
Exposição: Closure
Data:
22.10.2011 a 05.11.2011 
Onde:
Hiato - Ambiente de Arte - Juiz de Fora
Categoria:
Exposição


Descrição

Em 1986, quando da primeira exposição individual de Ricardo Cristofaro, na Galeria Paulo Campos Guimarães, em Belo Horizonte, Arlindo Daibert ressaltou: "Trata-se, sem qualquer dúvida, de um artista verdadeiramente estreante e não de um sobrevivente dos anos 80. Curiosamente seu trabalho sugere algumas discussões que andaram em baixa nos últimos anos", escreveu o artista plástico em texto de apresentação. Enlevando o interesse pela pesquisa, latente já nos primeiros trabalhos de Cristofaro, Daibert completou: "A visceralidade, a autoexpressão, a gestualidade compulsiva, a exuberância cromática com que nos bombardearam em todos os lugares parecem não estimulá-lo de maneira especial. Por outro lado, há uma indisfarçada afinidade com as pesquisas matéricas".

A discussão sugerida pelo texto de Daibert, ganha amplitude quando confrontada à nova exposição do artista plástico e professor do Instituto de Artes e Design da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) Ricardo Cristofaro, intitulada Closure e aberta dia 21 de outubro, na Hiato – Ambiente de Arte. As 21 esculturas, integrantes de uma série composta por 32 trabalhos, retomam a temática trabalhada pelo artista no início de sua carreira, em que usava como suporte desenhos e pinturas. "Não houve uma fase de ruptura, às vezes eu retomava. Agora, deixei esse olhar aflorar novamente", explica, fazendo referência às formas orgânicas presentes na mostra.

Trabalhando essencialmente com materiais como ferro e madeira, os quais segundo Cristofaro tornam possível a inserção do tempo como artifício discursivo, a nova série resulta da pesquisa de transposição de elementos do universo animal e vegetal para a tridimensionalidade de suas peças. Apesar de destacar estruturas embrionárias como inspiração para as novas criações, Cristofaro se ampara no abstrato para alcançar o espaço do concreto. "O trabalho tem uma linearidade que nos leva a pensar nesse ambiente orgânico", defende.

Na busca pela ampliação de leituras, o artista percebeu na palavra closure, em inglês, o título da nova investigação. Porém, dois sentidos de uma palavra repleta de significados correspondem melhor às suas intenções: a aplicação na ciência da computação, que aceita closure como a ocorrência de uma função dentro do corpo de outra, sendo a função interior referenciada em variáveis locais da função exterior; e a aplicação na  psicologia da Gestalt, em que closure descreve processos nos quais objetos da percepção, ações e memórias adquirem estabilidade, isto é, implicam no fechamento de brechas subjetivas, no acabamento de formas incompletas. Para Cristofaro, o termo reforça a recuperação de um ciclo iniciado em sua estreia como artista, e seu desejo em não limitar concepções. "As estruturas se lançam no espaço e sugerem uma completude no imaginário", aponta.

Visitação:

Segunda a sexta, das 9h as 12:00 e das 14h às 18h; sábado, das 9h às 13h. Até 5 de novembro

Local

Endereço:
Rua Coronel Barros 38 - São Mateus
CEP:
36025-110
Cidade:
Juiz de Fora
Estado:
Minas Gerais
País:
País: br
Url:
http://www.hiato.com.br

Compartilhe:







voltar