Juiz de Fora-MG  -  quarta, 16 de agosto de 2017  

Prédio da AMAC/Pantaleone Arcuri




Fachada do Prédio da Construtora Pantaleone Arcuri.Fachada do Prédio da Construtora Pantaleone Arcuri.

A companhia Construtora Pantaleone Arcuri foi fundada em 1895 por iniciativa de Pantaleone Arcuri e Pedro Timponi, com o nome de Pantaleone Arcuri e Timponi com escritório na esquina da rua Santa Rita e antiga rua do Imperador (atual Av. Getúlio Vargas). Mais tarde, em 1898, Timponi desligou-se da firma dando lugar à Antônio Spinelli. Destacou-se por suas oficinas onde produzia-se carroças, telhas de amianto, portas, janelas, ladrilho hidráulico, chegando a ter, na década de 20 uma representação de automóveis FIAT importados da Itália. A sede da firma foi construída em 1923 e dominava toda a parte baixa da rua Espírito Santo sendo responsável pelo projeto o arquiteto Rafael Arcuri.

A Companhia Pantaleone Arcuri executou inúmeras obras em Juiz de Fora entre prédios e monumentos históricos, como o Monumento ao Cristo Redentor, erguido no topo do Morro do Imperador, o Cine-Theatro Central, os edifícios da Associação Comercial, Escola Normal(Instituto Estadual de Educação) e Castelinho da Cemig, dentre tantos outros.

O antigo edifício da Companhia Pantaleone Arcuri é um majestoso exemplar arquitetônico orientado pelo espírito eclético ainda prevalecente na década de 20.

O edifício considerado parte integrante do setor histórico da Praça Antônio Carlos, foi tombado em 28 de dezembro de 1988 pelo decreto n° 4095/88.

Localização: Praça Antônio Carlos com Av. Getúlio Vargas, esquina da Rua Espírito Santo.

 

 


voltar
Compartilhe: